[última atualização: dezembro de 2016]

Uma proposta de estratégia de estudos: Planejamento-Método-Disciplina


Planejamento

"Ato de projetar um trabalho, serviço... Determinação dos objetivos ou metas de um empreendimento, como também da coordenação de meios e recursos para atingi-los"

Qual é o maior desafio/problema que você, como estudante, tem que vencer/resolver?

A resposta é muito simples: é a sua formação/capacitação.

Isso é tão verdade que você está disposto a investir anos da sua vida nessa tarefa.

E não basta ter um histórico escolar cheio de aprovações, ou um diploma dizendo que você está capacitado. Um diploma pode abrir as portas, mas o sucesso só é alcançado através da sua competência.

E ninguém nasce competente... isso é construído com muito esforço e suor.

Portanto não basta assistir aulas e fazer provas de maneira passiva e automática. É necessário ter uma postura ativa perante a própria formação. Seja o protagonista da sua capacitação.

Como vencer esse desafio (de maneira eficiente)?

Primeiramente descubra o que você precisa saber/conhecer/dominar.
(No caso de uma gradução, existem documentos que determinam os objetivos do curso, delineiam seu formato e determinam sua matriz curricular. Ler esses documentos é fundamental.)

Saiba "de cabo a rabo" como é a matriz curricular do seu curso. Cada conteúdo está ali por um motivo, e você precisa saber todos eles. Não subestime nenhum deles.

Colocar "em cima de uma mesa" tudo que você precisa saber/conhecer/dominar é crucial para que você possa se organizar e traçar metas. Sem metas é impossível organizar o tempo, e assim não haverá planejamento nenhum.


Método

"Conjunto dos meios dispostos convenientemente para alcançar um fim e especialmente para chegar a um conhecimento científico ou comunicá-lo aos outros. Ordem ou sistema que se segue no estudo ou no ensino de qualquer disciplina. Maneira sistemática de dispor as matérias de um livro. Maneira de fazer as coisas; modo de proceder."

Como executar essas metas (i.e., estudar os conteúdos do curso de maneira eficiente)?

A resposta é: "Dividir para conquistar" (no contexto do merge sort, de John von Neumann).

O curso é dividido em períodos e conteúdos, e os conteúdos em aulas. As aulas usam livros que são divididos em capítulos, e os capítulos em seções.

Faça uma lista do que precisa ser estudado naquela semana, em ordem de prioridade e importância, e estude uma seção de cada vez.

Mas estude de maneira intercalada. Lembre-se que os conteúdos são interrelacionados (apesar das disciplinas quase sempre serem ministradas como se nada tivesse conexão). Lembre-se que um conteúdo é pré-requisto ou co-requisto de outro (por isso seu planejamento deve ser feito com uma visão ampla da matriz).

Intercalar as disciplinas também aumenta o rendimento de estudos (está dando tempo ao cérebro "se acostumar" com o conteúdo), e para garantir que você não está deixando nada de lado.

Divida seu tempo de estudos em blocos de 20 a 40 minutos, e faça intervalos de ~5 minutos.

A curva de rendimento varia de pessoa para pessoa, e depende da base (pré-requisitos), familiaridade com o conteúdo, estado de tranquilidade (ou ansiedade), saúde, se a pessoa está bem hidratada e alimentada, confortável...

Apesar de todas essas variáveis, uma coisa é certa: depois de um tempo de esforço, o rendimento diminui. E quanto mais tempo você estuda em baixo rendimento, mais tempo você desperdiça.

Uma estratégia para maximizar o rendimento é subdivir o tempo em blocos mais curtos, e fazer pausas antes que o rendimento diminua. Esse intervalo é útil para "reenergizar a mente", "acalmar o espírito", tomar um café, uma água, esticar as pernas, "circular o sangue" e "dar um tempo pra cabeça". Após esse intervalo, um novo bloco se inicia, e facilmente o rendimento volta ao máximo. (Leia sobre a técnica pomodoro).

Estude pelo menos 3 disciplinas diferentes no mesmo dia, intercaladamente, e todas as disciplinas a cada 2 dias.

Quanto maior a frequência que você volta na disciplina, maior será seu rendimento.
Não passe mais que duas horas com a mesma disciplina. Por exemplo, se tiver uma tarde inteira para estudar, troque de disciplina a cada duas horas.
Dessa forma você irá otimizar seus estudos, e nunca irá acumular nenhum conteúdo de nenhuma disciplina, e portanto nunca precisará "priorizar" (largar uma disciplina para estudar outra).

Quais são os procedimentos que você deve executar para estudar um conteúdo?

  1. Assistir aula.
    • Esse é o primeiro contato com o conteúdo, útil para se familiarizar com os conceitos
    • Lembre-se que o objetivo da aula é "ensinar ao aluno o que ele deve estudar depois"

  2. Ler o capítulo do livro transcrevendo em papel as ideias e exemplos mais importantes
    • Uma vez que o aluno já está familiarizado com o conteúdo (assistiu a aula), o estudo se torna mais "fácil"
    • A "leitura com transcrição" deve ser feita no mesmo dia da aula para maior eficiência
    • Lembre-se que estudar é muito mais do que ler e ler não significa necessariamente "compreender o que está escrito"
    • Se tiver tempo, leia o conteúdo em mais de um livro
    • Se não tiver tempo, leia o livro na cama, antes de dormir

  3. DORMIR (sim, você precisa dormir no mesmo dia que assistiu a aula e estudou/transcreveu os conceitos mais importantes do capítulo)
    • O cérebro é um "computador biológico" que utiliza a fase do sono para "desfragmentar" e organizar a informação
    • Durante o sono as redes neurais são reestruturadas, e a parte da informação estudada no dia é registrada permanentemente
    • Virar a noite para "estudar" é uma idiotice, pois a informação é perdida (no semestre seguinte o aluno não lembra o que estudou)

  4. Fazer um resumo do capítulo (escrever no caderno), até um dia depois da aula.
    Não transcreva o livro inteiro!! O resumo deve incluir apenas:
    • Palavras/conceitos-chave (normalmente os títulos e palavras destacadas)
    • Figuras e gráficos (explique eles)
    • Equações (explique cada variável e constante)
    • Teoremas e definições
    • Deduções, provas, e sequências de passagens
    • Mapas mentais, esquemas lógicos, estruturas relacionais
    • Copie e entenda todos os exemplos
    • Faça o resumo como se uma terceira pessoa fosse estudar por ele
    Se você só usa o caderno em aula, provavelmente seu rendimento nos estudos é inferior do que poderia ser.
    A eficiência desse sistema é inversamente proporcional ao número de dias que separa a aula do resumo.

  5. Fazer os exercícios mais simples ("substituição de fórmula"), até dois dias depois da aula.
    • Sempre que puder, aprenda a deduzir fórmulas, e nunca decorá-las
    • Evite usar o solucionário nessa etapa
    • Tente rededuzir as fórmulas sempre que necessário

  6. Finalmente fazer os exercícios mais complexos, ao longo dos dias, até a próxima aula.
    Este é o momento mais propício para a informação se cristalizar em conhecimento, e o aprendizado em compreensão.
    • O ideal é fazer de 5 a 10 exercícios por dia. Mais que isso desperdiça treinamento, e menos não tem efeito.
    • "Tempo é dinheiro"
    • Faça os exercícios algebricamente (evite substituir valores antes do fim do problema)
    • Utilize uma planilha eletrônica ou calculadora para substituir os valores das respostas
      (ou simplesmente estime o resultado)
    • Evite ao máximo utilizar o solucionário
      (é como ir para a academia com um instrutor, e ele fazer os exercícios para você)
    • Não gaste mais que 10 minutos em um exercício. Se travar, dê uma pausa (5 min) e depois volte, ou pule ele. Se passar de 15 minutos travado, deixe ele de lado e vá tirar dúvida sobre ele com o professor ou o monitor
    • Não esqueça que dormir bem é fundamental para registrar as informações permanentemente no cérebro

Lembre-se que seguir esses passos não significa que você finalmente alcançou a compreensão. Significa apenas que você está bem treinado em determinado conteúdo. Muitas vezes a compreensão só é alcançada quando determinado conteúdo é encadeado e relacionado com outros conteúdos (anteriores ou posteriores), e essa maturidade pode levar tempo para acontecer.

Lembre-se que antes de aprender a pensar, você aprendeu a falar. Portanto a ação mecânica de "fazer exercícios" é útil mesmo quando você ainda não compreende completamente o que está fazendo. Tenha a certeza que se você ainda não compreendeu o conteúdo, pelo menos você preparou um terreno fértil para que ele surja.

O que fazer se você não tiver a base ou o tempo para estudar?

Você terá que eleger prioridades, e fazer o que puder. Algumas coisas você terá que se aprofundar menos, mas com a consciência que em algum momento futuro você poderá pagar o preço por não dominar completamente aquele conteúdo.

Se for uma problema de base, e isto estiver lhe dificultando demais acompanhar as aulas e entender os livros, inevitavelmente você terá que investir algum tempo revertendo isso. Você terá que dar um passo atrás, e estudar os pré-requisitos daquele conteúdo. Sem dúvida alguma, isso poderá atrasar sua formação. Mas é infinitamente melhor atrasar de maneira controlada, consciente e planejada, do que passar o curso inteiro tropeçando.


Disciplina

"Relação de submissão de quem é ensinado, para com aquele que ensina; observância de preceitos ou ordens escolares..."

Mas e a motivação (para fazer esse planejamento e seguir esse método)?

Se você planejar/estudar quando estiver motivado (com o trabalho ou o conteúdo), então saiba que você não está investindo tempo, mas sim desperdiçando. Muito provavelmente você está fadado ao fracasso.

Quando você se perguntar: "Por que estou fazendo isso?", você vai responder para si mesmo: "Porque sim. Porque eu escolhi esse caminho." E então você vai fazer o que tiver que fazer.

A motivação não deve ser um princípio para começar a trabalhar nos seus projetos. Você deve traçar metas e cumprir elas a todo custo, mesmo que isso envolva um pouco de sofrimento.

Quando você começar a cumprir as metas que você pré-determinou, naturalmente você se sentirá motivado (sentirá o prazer da conquista e da vitória). Esse será um importante combustível para aumentar a sua dedicação e a sua disciplina, e fará com que você alcance mais rápido seus objetivos.